(44) 3323-2755
rodeio@coloradorodeio.com.br
Colorado-PR

Estreante em Colorado mineiro fala como chegou até maior festa do sul do Brasil

Aos 20 anos de idade do competidor de Itapagipe (MG), Rodrigo Borges de Souza Ferreira Diniz, terá sua primeira oportunidade na 42ª Festa do Peão de Boiadeiro de Colorado no Paraná que acontece de 17 a 20 de março.

Profissional há dois anos, Rodrigo Borges, ganhou sua vaga por ser campeão do Gold Team, campeonato realizado para novos competidores em Minas Gerais, idealizado pelo Paulo Cesar Barbosa – PC.

Fiz algumas perguntas sobre a carreira, Colorado, emoção e muito mais confira:

Qual o motivo que fez com que você arriscasse a vida montando em touros?

Eu era jogador de futebol  para não contrariar minha mãe. Porém, um dia um amigo me chamou para montar em touros, e disse que eu tinha jeito. Fui, e estou aí até hoje.

Qual foi a sensação de um jogador de futebol subir em um touro? Fale sobre a primeira vez em cima de um animal.

Me deram os equipamentos de montarias, já não me adaptei com o capacete. Quando subi no brete meu coração já bateu forte, a adrenalina subiu, porém, medo não tive. Quando eu desci do touro, já sabia o que queria para minha vida.

As primeiras oportunidades foram difíceis? Fale sobre o período em que buscou um espaço no rodeio.

As dificuldades já começaram dentro de casa. Minha mãe não concordava, queria que eu continuasse a jogar bola.

Como a grande maioria, comecei nos rodeios amadores e, já que não tinha o aval dos meus pais e era menor de idade, meus amigos assinavam para eu montar.

Depois meu avô materno concordou comigo e começou a me acompanhar pelos rodeios, mas foi muito difícil, porque eu ligava para as comissões e só ouvia não, algumas vezes fui até mau tradado. Em 2012, eu fui montar no rodeio júnior de Barretos e fui finalista, fiquei em quinto lugar. Desde então as portas foram se abrindo aos poucos. Foi quando consegui ganhar campeão do Gold Team e com a ajuda do PC – Paulo Cesar estou ai.

Para ser finalista em Barretos, tem que montar na arena principal no domingo. Me fale quais foram suas emoções deste dia. Deu medo? Frio na barriga? O que você sonhou aquele dia?

Sendo bem sincero, quando cheguei lá, eu mesmo não acreditava que poderia ser finalista. Fui vencendo meus touros e classifiquei para a final e sabia que iria montar na arena principal, o famoso buracão.

Aquela noite eu não dormi, só pensava que ia montar lá na arena. Na hora de montar minhas pernas chegam tremiam de emoção. Foi difícil até concentrar.

Geralmente na final do rodeio júnior, os competidores profissionais começam a chegar quando vocês estão montando, tinha alguns que vc admirava que estava lá ??

Este foi um ponto interessante, vários competidores, já estavam lá e me deram ajuda. Quando eu fui montar o Magno Alves chegou perto de mim e disse: não dá para brecha para este touro não mineiro.  Essas coisas foram mágicas e foram importantes para eu ir bem por lá.

Como é ir para Colorado, enfrentar uma boiada extremamente qualificada, peões renomados e toda a fama daquele rodeio. Como você administra isso tudo?

Em relação a boiada estou tranquilo, hoje monto no Circuito Rancho Primavera e estou acostumado com a Associação TOP10 que é muito qualificada também.

Em relação a peões, dos quarenta que lá estarão, o único desconhecido sou eu, os outros o brasil inteiro conhece.

Como estou tendo a oportunidade de montar no maior rodeio do sul do Brasil, quero aproveitar ela para também ficar mais conhecido, fazer o nome, como dizem no rodeio.

Quando começou lá atrás, você sonhava com este momento, mas você acreditava que poderia ir tão longe?

Sim eu sonhava em montar em Colorado, e agora que vai acontecer confesseo que as vezes o sono não vem. Não imaginava na prática que conseguiria.

FESTA DO PEÃO DE COLORADO

QUANDO: Dias 17, 18, 19, 20

ONDE: Parque de rodeio Benedito Ignácio Ribeiro, Rod. Branco Mendes, Km 51, PR-453

INGRESSOS: http://goo.gl/tXRaAA

AREA VIP LOUNGE: http://goo.gl/x7JwOq

INFORMAÇÕES: (44) 3323-2755

SITE: www.coloradorodeio.com.br

Por Eugênio José – MTB: 67.231/SP

contato@eugeniojose.com.br

 

 

+